radinho, revisitado

Share

memória engana a gente. ouvi outro dia um neurocientista dizendo que toda vez que resgatamos uma lembrança nós a alteramos, e ela é regravada diferente. não é como bits e bites. memória vai ganhando sentidos novos com o tempo.
os episódios “finais” do radinho de pilha (meados do ano passado) que antecederam a ida pro radinho no Ning e a criaçao do que hoje é a webees, foram tumultuados, espinhosos mas muito, muito educativos pra mim. hoje decidi revisitar essa história tão longa (7 anos!) e ver algum sentido maior que possa servir de aprendizado pra mais gente.
ouça uma tentativa muito honesta e pessoal de passar a limpo uma história bacana de tantas pessoas

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.