One thought to “quem ganha com os vírus?”

  1. Caro Renê, por falar em pragas e vírus,outro dia recebi o popup definitivo: fazia propaganda de um…anti-popup!
    Concordo com firewalls, anti-virus, anti-spyware. Mas há um erro (nosso) fundamental: Deixar que apenas software combata software. Quem não sabe o que é “passar um regclean”, quem não vasculha a pasta windows, quem mal sabe [des]instalar um programa, quem não sabe o que significa um IP,ou seja, quem não vê através da interface o código “exposto”, não constrói um modo racional de lidar com as pragas virtuais. Fazer o q, a imensa maioria quer ser motorista e não mecânico… Estamos na mão da interface (gráfica), ela que permitiu sermos usuários e não programadores. Mas a epiderme da interface não mostra as camadas “matrix” dos procedimentos. E é por essas portas que agem os espertalhões.
    A última meia-verdade é que todos estamos sujeitos a pragas e vírus, “entendedores” ou não…durma-se com isso.Fui.

Leave a Reply