cadê o novo nas coisas recentes?

Share

de duas, uma (ou ambas, ou talvez uma terceira, sei lá): ou a idade faz com que tenhamos dificuldade de reconhecer o novo ou a idade nos faz ver o quanto de passado ressurge em toda novidade.
de qqer forma eu volta e meia fico meio frustrado em ver gente novinha deixando de inovar pra valer porque se prende ainda a armadilhas antigas: sectarismo, exclusão, vaidade, etc. adoraria que a tecnologia nos livrasse disso, mas parece que… ainda não.
ouça aqui uma confissão não muito fácil de quem achava que ia ser fácil mudar o mundo

2 thoughts to “cadê o novo nas coisas recentes?”

  1. Oi, René,
    Legal os seus podcasts. Seguem algumas sugestoes de leitura relacionadas assunto:
    1. Historia Natural dos Ricos (http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/produto.dll/detalhe?pro_id=143938&ID=C90C70A67D802091212061183)
    Ele tem esse nome meio brincalhao, mas é de escritor bastante conceituado, que trabalhou para o Discovery Channel ou a National Geographic, nao me lembro exatamente. Mas vamos para o que importa: ele cita uma série de conportamentos humanos e suas similaridades com comportamentos animais. E aí entra de tudo, de macacos a passarinhos 😉 tem bem forte a questão do status.
    2. O macho demoniaco, as origens da agressividade humana.
    Esse é uma leitura mais pesada. Fala muito dos conceitos de grupo, comuns a humanos e chimpanzés (segundo o livro os dois unicos animais que matam sem necessariamente a intencao de comer, mas tb como “diversao”). Chimpanzes sozinhos de bobeira na selva podem ser alvo facil para grupos de inimigos, daí a necessidade de participar, ser aceito por um grupo, etc. Tb
    por isso pessoas em grupo de sentem mais poderosas(uma pessoa “normal” quando se junto aa sua turma ou torcida pode se tornar violenta), assim como mais seguras (igrejas, turmas, etc).
    é meio louco mais eu realmente acredito que isso faz parte da “verdade”.
    []s
    Saulo Dourado. Recife-PE.

  2. Olá, ouço seu podcast há pouco tempo. Sou um redator off-line q aos poucos está migrando pro on-line. Eu não tenho a luz pra dizer o q está surgindo de novo para desarmar as bombas. Também vejo o bom e velho mundo na mesma.
    Fiz um pequeno post no meu blog Brech

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.