o lado B da web 2.0: nao ame fantasmas (nem odeie)

Share

eu me exponho muito. faz tempo. fotos, textos, artigos, podcasts, listas de discussão… faz mais de 10 anos.
aprendizado bacana: compartilhar faz bem, colaborar idem.
aprendizado não tão bacana: por mais que sejamos geeks e early adopters e descolados, continuamos fantasiando e criando mitos e amando e odiando e venerando e crucificando gente que NUNCA encontramos ao vivo.
a armadilha da projeção e da fantasia é um dos riscos mais nefastos mesmo na era 2.0.
ouça um conselho de quem já comeu o pão que o diabo amassou por conta de gente que me colocou no céu ou no inferno sem nunca ter me visto, gente que se apaixonou por um fantasma e transformou minha vida irreversivelmente… para pior

2 thoughts to “o lado B da web 2.0: nao ame fantasmas (nem odeie)”

  1. Rene, bom dia, não sei se você lembra de mim, mas trabalhamos juntos no Banco Real, no Espaço Real Universitários, eu era da equipe de desenvolvedores do site. Sempre acompanhei teus trabalhos e recentemente criei o twitter e te adicionei, estou ouvindo agora esse teu podcast e me lembrou o documentário qeu vi recentemente, Zeitgeist (http://video.google.com/videoplay?docid=-2282183016528882906) se vc não viu, vale a pena ver, foge um pouco do tema “fantasiar” mas é relacionado ao tema! Abraços!

  2. oi jefferson, me lembro de voce sim. que legal retomar contato contigo. vou ver o video sim

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.