o lado B da web 2.0: a violencia invisivel

Share

se você for a Lima, Cidade do México, Bogotá, vai notar que as cidades têm desenho similar. coincidencia? nao: o império espanhol tinha regras e guidelines sobre como construir uma capital, o que incluía evitar pântanos, buscar regiões planas, construir uma praça central com catedral, proximidade de rios, etc etc etc.
já a colonização portuguesa foi diferente. quem leu “raízes do brasil” do sérgio buarque de hollanda lembra que não fazia parte da mentalidade “dominar a natureza”, isso não fazia sentido. a cultura dos colonizadores era de se adaptar, construir com mínimo esforço, fazer ruas seguindo as curvas do terreno, ficar perto da costa…
será que é por isso que no ambiente online a geração mais nova tem uma certa alergia a regras, a moderadores, a políticas e prefira ir levando de improviso? será que eles não percebem que o design e a arquitetura de um ambiente já são por si só uma forma de imposição e poder?
ouça uma reflexão livre sobre o quanto o design e a programação e a arquitetura de informação definem o que é liberdade

Leave a Reply